Ícone do site Juridigital

SEO para advogados: 1º lugar no Google em 9 passos

Hoje, é crucial que o advogado esteja na internet. Mas, como se destacar em meio a tantos outros que também estão lá? É preciso fazer que seu site se destaque com técnicas de SEO para advogados.

A concorrência está cada vez mais acirrada e os clientes migrando suas decisões para o meio digital. É preciso adaptar seu site para que este fique bem rankeado nos mecanismos de pesquisa.

Logo, aplicar a técnica de SEO para advogados fará com que seu nome e site apareça no topo de forma orgânica. Dessa forma, se salva recursos para outros lugares.

As normas da OAB restringem o trabalho de marketing do advogado. Mas com as técnicas certas, é possível ter mais clientes sem infringir as regras.

O QUE É SEO?

SEO é a sigla para Search Engine Optmization (Otimização para Mecanismos de Busca em português). Em resumo: São técnicas aplicadas nos sites e blogs para que estes alcancem o topo do ranking dos buscadores. Dessa forma, se atrai mais usuários e clientes. Além disso, pode ajudar na construção da autoridade do profissional no espaço virtual, uma vez que seu conteúdo alcança mais pessoas.

Imagine que um cliente precise de um advogado trabalhista para resolver uma questão. Ele digita o termo no Google a fim de sanar seu problema. Em menos de um segundo a pesquisa traz 102.000.000 resultados.

Como o Google seleciona quais são mais relevantes e os coloca no topo da pesquisa? Através de 3 etapas:

Assim ele rastreia a internet por conteúdos atuais, com links ativos e palavras relacionadas ao termo da pesquisa. Seu algoritmo então mostra por ordem de prioridade os resultados.

Desse modo, ele sempre procura responder a pergunta do usuário da melhor forma. Por isso, ao montar a estratégia, leve em conta qual é o problema do cliente e como resolver.

TÉCNICAS DE SEO PARA ADVOGADOS

As técnicas de SEO para advogados servem para otimizar os artigos e o site nos resultados de pesquisa. Aplicando as técnicas, se gera mais leads, alcança mais pessoas e angaria potenciais clientes sem custos. Assim sendo, veja a seguir algumas técnicas de SEO para otimizar o site:

DEFINA A PERSONA

Em primeiro lugar, para qualquer estratégia de SEO, é a definição da persona. Persona é o perfil da pessoa que irá até o site, ou seja, o futuro cliente. Dentro da sua área defina:

É possível fazer uma pesquisa com os clientes atuais e como resultado, desenhar esse perfil ideal. Dessa forma, a sua escrita e layout serão feitos para esse tipo de pessoa. Claro que, como falamos de artigos profissionais, o tom será sempre mais formal e às vezes didático.

DEIXE O SITE RESPONSIVO

Além do conteúdo do site, se deve checar se ele funciona. Garantir que todas as páginas carreguem de forma rápida e correta. Porque o Google derruba no ranqueamento páginas que demoram para carregar. O ideal é que o processo demore menos de 2 segundos.

Além disso, o site deve se adaptar a todos os formatos de tela. Ainda mais nos dias atuais, onde as pessoas passam boa parte do tempo no celular e usam cada vez mais para pesquisas. De fato, páginas cortadas ou que dificultam a leitura deixam a experiência ruim e influenciam no resultado. Por isso pense nas seguintes perguntas e faça testes sempre que puder:

  1. Em quanto tempo o site carrega por completo?
  2. Todos os links funcionam?
  3. Os menus abrem em todos os dispositivos?
  4. Os textos estão legíveis mesmo em dispositivos móveis?
  5. A página está adaptada para todos os dispositivos?

DEFINA AS PALAVRAS-CHAVE DE CADA POST

Um bom conjunto de palavras-chave é vital para que o artigo seja bem rankeado nas pesquisas. Assim, elas podem ser de três formas:

Depois de definidas, coloque os termos em lugares estratégicos da página, como por exemplo o título, a URL,  subtítulos e metadescrição. Entretanto, tome cuidado para não exagerar na repetição, o que deixa o conteúdo robótico. Caso existam imagens ilustrando o post, coloque também as palavras-chave, já que o Google possui pesquisa de imagens e esta pode enviar o usuário até o site.

Algumas ferramentas ajudam a descobrir quais termos estão em alta e a definir palavras-chave de acordo com o segmento:

OTIMIZE OS TÍTULOS DOS POSTS

Além de conter as palavras-chave como dito antes, existem outras boas práticas para garantir que o título seja otimizado. Dedique bastante atenção a esse tópico também, já que o título é o primeiro contato do usuário com o conteúdo, ainda na pesquisa.

O ideal é criar um título que chame a atenção do usuário e que faça ele acreditar que seu problema será resolvido através da sua página. Se possível é adicione palavras que induzam, ou seja: “Como fazer”, “X formas de”, entre outras.

Também preste atenção no tamanho. Títulos muito longos são cortados nos resultados de pesquisa mobile.

OTIMIZE A METADESCRIÇÃO DAS PÁGINAS

Quando um resultado aparece no Google, abaixo do título é mostrado uma espécie de resumo do que será encontrado na página. Esse resumo é a metadescrição. Ela não é considerada pelo buscador para definir o ranqueamento, mas infuencia na decisão do usuário de entrar no link ou não.

Ou seja, além da palavra-chave, ela deve oferecer um resumo claro do que está sendo entregue naquela página. Além disso, ter mais de 160 caracteres que é o mínimo para que seja exibida de forma certa nas pesquisas.

Pode ser usado também o conceito de gatilhos mentais que são estímulos que fazem o ser humano tomar uma decisão ou atitude. Os 7 tipos de gatilhos mentais são:

Em suma, evite criar metadescrições muito parecidas ou até mesmo iguais para que elas não compitam entre si.

OTIMIZE A URL DAS SUAS PÁGINAS

O último item a aparecer nos resultados de pesquisa – mas não menos importante – é a URL. Ao gerar uma página,  sua URL é gerada automaticamente e se torna uma sequência de letras e números sem nexo. Voltando ao exemplo de artigo citado anteriormente, qual das URLs abaixo seria mais atrativa?

http://seusite.com.br/5-livros-direito-civil

ou

http://seusite.com.br/3df94-sf4-fj

Em síntese, a primeira URL facilita até mesmo o compartilhamento da página para outras pessoas.

Assim como nos demais pontos, inclua a palavra-chave principal. Deixá-la mais curta também é uma boa prática. No exemplo, foram excluídos os artigos e palavras que não eram essenciais para o entendimento. Evite usar caracteres especiais e utilize hífens como separação de palavras.

Também é melhor que o domínio seja próprio (sem .blogspot ou .wordpress) e de preferência com o nome do escritório ou do profissional.

APLIQUE A ESCANEABILIDADE NOS POSTS

Dentro dos artigos também existem algumas regras a serem seguidas para melhorar o ranqueamento nas pesquisas.

Textos mais dinâmicos melhoram a leitura para o usuário e ajudam o buscador a achar as palavras chaves. Algumas dicas de escaneabilidade são:

UTILIZE CTAs (Call to Action)

Como visto no tópico anterior, os CTAs (Chamadas para Ação em português) ajudam na escaneabilidade do texto, ao mesmo tempo que incentivam o usuário a tomar uma decisão, seja essa assinar uma newsletter, clicar em outro link, se inscrever no canal do YouTube ou contratar o serviço de advocacia oferecido.

Pensando na persona e no objetivo da chamada, se pode criar um CTA efetivo. Ele pode constar até mesmo na metadescrição, ajudando na tarefa de conquistar o usuário.

VELOCIDADE MÁXIMA

Hoje é básico que seu site seja rápido. Esta é uma das métricas mais valorizadas tanto pelo Google quanto pelos usuários.

Ninguém quer esperar 10 segundos para um site carregar e o Google sabe disso!

Além disso, o Google tem seguido um conjunto de métricas chamadas WebVitals,

Core Web Vitals são algumas medidas importantes para avaliar se uma página oferece boa experiência de uso para o usuário ou não.

Ela avalia tempo de carregamento, velocidade e estabilidade.

Para conhecer os WebVitals do seu site, você pode testá-lo em:

SEO PARA ADVOGADOS: USE O SEO LOCAL

Se o objetivo é conseguir mais clientes na região onde o escritório fica, uma boa estratégia é aplicar o SEO Local. As premissas são as mesmas, mas as palavras-chave serão focadas no local de atuação. Por exemplo: Advogados na Vila Mariana. É melhor usar o bairro de atuação, já que “advogados em São Paulo” é uma pesquisa ampla que retornaria muitos resultados.

Além disso, deve-se criar um cadastro no Google Meu Negócio que é uma solução do buscador para retornar empresas de acordo com a pesquisa do usuário. Também inserir as informações da empresa no Google Maps, serviço que mostra a localização via mapa.

Dessa forma, quanto mais próximo você estiver do usuário que está pesquisando, maiores a chances de melhor ranqueamento. Com o aumento das pesquisas nos dispositivos móveis que possuem geolocalização, os resultados são ainda mais assertivos quando se procura um lugar físico.  

As avaliações também contam pontos no ranqueamento, então sempre que possível peça que os atuais clientes deixem o feedback.

Ter um site otimizado é essencial para qualquer advogado que quer aumentar sua presença na internet. Através das técnicas de SEO para advogados é possível atrair mais usuários para o site e fazer com que estes se tornem novos clientes sem investimentos financeiros.

MELHORES SITES SOBRE SEO

A grande maioria dos sites de SEO são estrangeiros, por isso vale a pena praticar o inglês para conhecê-los:

Sair da versão mobile