Como Criar um Site de Escritório de Advocacia ou Advogado em 6 Passos

criar-site-advogados

Estar na internet é bom para todos. Sendo um profissional autônomo ou tendo um escritório. De fato, ela é uma boa ferramenta para apresentar seus serviços. Por isso, criar site de advogados é essencial.

Todavia, advogados e escritórios de advocacia não podem vender seus serviços. Pelo menos não de forma direta. Ainda assim, não precisam se privar de divulgação.

De fato, o marketing jurídico existe para isso. Cria estratégias para dar visibilidade dentro das restrições bem como dos princípios da ética. São duas coisas que são base do exercício da profissão.

Dessa forma, com a concorrência forte neste ramo, ter um site correto é essencial. Pois ele pode fazer a diferença no momento de captar novos clientes.

Buscar profissionais gabaritados para fazer isso é crucial para ter o resultado esperado. Existem, inclusive, empresas focadas em atender o mundo jurídico.

Um exemplo é a Juridigital. Ela é a primeira agência de marketing pensada para assistir os advogados e escritórios.

Inegavelmente, contar com uma estrutura assim garante que o site cumpra com seu papel. E isso não se faz a partir de qualquer passo a passo da internet.

Em resumo: Mais do que divulgar serviços e informações, o site para advogados deve servir como canal de contato entre o escritório e seus clientes.

Confira agora 6 pontos que você deve atentar na hora de criar um site para advogados perfeito.

1. A primeira impressão é a que fica

Ao abrir um site para advogados, o público precisa, em primeiro lugar, saber que aquele espaço é de um profissional. Bem como de um escritório sério.

Use cores sóbrias e fontes (tipos de letra) simples. As fotos podem ser de banco de imagens ou até mesmo feitas por profissionais que atuam no escritório.

Se acaso você optar pela segunda opção, contrate um bom fotógrafo. Ou seja, o filho do vizinho não serve para esta tarefa.

A logo também deve estar presente. Caso não tenha uma, pode contratar uma agência com a finalidade de realizar a tarefa. Ou também utilizar uma imagem que encaixe com a temática do direito.

Utilize uma frase simples e marcante. Bem como opte por algo com visual limpo, caso contrário o visitante pode ficar perdido e desistir da busca.

2. Conteúdo de um site para advogados

Evite linguagem jurídica. Pode parecer uma dica estranha no primeiro momento, mas faz total sentido.

Seu cliente não é advogado ou bacharel em direito. Dessa forma, se ele não conseguir entender o que você quer passar pode buscar um lugar onde a mensagem seja clara.

Utilize uma comunicação simples e objetiva. Além disso, tome cuidado com os adjetivos. É claro que um site para advogados “vende” a sua reputação e seus serviços. Mas ninguém gosta de, a todo momento, ler que você ou seu escritório são os melhores do universo. Por isso seja equilibrado.

3. Seções

Não é uma regra. Mas geralmente um site, seja para advogados ou qualquer outro negócio, possui quatro seções básicas:

  • Página inicial;
  • Quem somos;
  • Áreas de atuação;
  • Contato.

A partir daí você pode incluir mais coisas em seu espaço online, sempre de acordo com aquilo que pretende mostrar para o seu público. Veja exemplos de seções que você pode usar:

  • Sócios;
  • Equipe;
  • Notícias;
  • Artigos;
  • Parceiros;
  • Projetos;
  • Vídeos;
  • Na mídia;
  • Currículo.

Além disso, ter uma área restrita para seus clientes verem o status de suas ações é bem interessante. Isso gera acessos, algo excelente para a sua estratégia de marketing.

4. Seu site para advogados precisa ser responsivo

As pessoas estão conectadas o tempo todo. Elas querem estar. Com a chegada dos smartphones isso tornou-se uma realidade.

Por isso, é legal que seu site seja responsivo. Isso significa que seu espaço precisa se adequar quando aberto em todo dispositivo com acesso à internet.

Qualquer dificuldade que seu possível cliente tiver ao abrir seu site ele partirá para o próximo, ou seja, para o seu concorrente!

5. Considere ter um blog

Com certeza por essa você não esperava! Mas é isso mesmo: tenha um blog ao criar um site para advogados.

Ele pode ser abastecido com artigos dos seus próprios colaboradores. E se você acha que é trabalho à toa, engana-se. É uma maneira de ganhar pontos no Google, a maior ferramenta de busca da internet.

É uma via de mão dupla onde todos ganham. O site será mais visto e terá um melhor ranqueamento. Seus colaboradores terão um canal para ganharem visibilidade.

Se você considera que a missão é impossível para a sua equipe, pense sobre a possibilidade de contratar um jornalista. Até mesmo um estagiário na área de direito. Ele atuará na atualização do seu blog e site

6. Dica de ouro: site para advogados desatualizado perde público

criar site de advogados

Na internet, tudo que está desatualizado acaba indo para o limbo. Para ter um bom posicionamento é preciso que seu site seja atualizado com frequência.

Como falamos anteriormente, o site para advogados precisa ser um canal de diálogo. Tanto com seus clientes quanto pessoas interessadas no mundo jurídico. Proporcionar o debate através do campo comentários é uma forma simples de interagir

WeCreativez WhatsApp Support
Nossos especialistas estão aqui para responder suas dúvidas!
Olá! posso te ajudar a aumentar sua demanda?