7 passos para começar sua estratégia de redes sociais no seu escritório

Uma ótima estratégia que os advogados dos tempos atuais utilizam é a montagem de um escritório virtual. É ótimo para todos, pois possibilita que os profissionais tenham um contato mais próximo com seu público, e vice-versa, atingindo assim um número maior de clientes.

Porém, essa estratégia de marketing jurídico não pode ser feita de qualquer maneira, é preciso traçar um caminho que dê resultados, por isso é importante ter ao menos um pouco de conhecimento na área, mesmo que para isso você não precisa ser nenhum expert do mundo digital.

Mas se você é advogado e não está conseguindo criar uma boa autoridade na internet e consequentemente perdendo tempo e clientes, fique tranquilo, além de muitos estarem passando pela mesma situação que você, nós vamos lhe ajudar para que consiga melhores resultados no seu marketing jurídico.

Por que utilizar as mídias sociais é tão importante para seu escritório?

Em primeiro lugar, antes da internet nenhuma pessoa que passava por um processo jurídico tinha um fácil acesso às informações necessárias para se defender de uma ação ou entrar com uma.

Hoje em dia é tudo muito mais fácil, pois os advogados aproveitam esse espaço que a internet oferece para compartilhar conhecimento para as pessoas sobre os procedimentos da advocacia, que na maioria das vezes acaba sendo muito complexo para quem não está familiarizado.

Outro motivo para utilizar as redes sociais é gerar tráfego para seu escritório virtual, fazendo posts chamativos que induzam as pessoas a acessarem o seu conteúdo.

Existem muitas formas de ser chamativo nas publicações, é uma maneira fácil e gratuita de gerar um número maior de acesso no seu site.

É claro que isso exige uma técnica, não é simplesmente fazer uma publicação qualquer e esperar, o processo de indução tem uma forma específica de ser feito, pois também faz parte do marketing jurídico.

E é por isso que separamos aqui 7 passos para começar sua estratégia de redes sociais no seu escritório:

1. Foque no LinkedIn

Quando falamos de redes sociais logo vem em mente as mais famosas como Facebook, Instagram, Twitter, e algumas outras.

Porém, a mais importante para seu marketing jurídico que não pode faltar de jeito nenhum é o linkedIn, pois é uma excelente ferramenta de recrutamento e é a melhor plataforma para contatos profissionais.

2. Utilize o Facebook para um alcance maior de pessoas

Prender-se muito ao Facebook para promover seu marketing jurídico não é uma ideia tão boa assim, já que o público alvo é difícil de ser atingido.

Mas isso não significa que você não deve aproveitar a rede social mais famosa do mundo, onde o alcance de pessoas é muito maior que em qualquer outro lugar.

Uma boa dica é usufruir das ferramentas de análise e do direcionamento para audiência segmentada, assim você pode saber se suas publicações estão tendo resultados e ainda pode atingir seu público específico.

3. Faça do Twitter uma isca

O Twitter é a rede social perfeita para gerar tráfego para seu site de forma simples e funcional.

Como o número de palavras por publicação é pequeno, aproveite dessa regra para publicar tweets chamativos que gerem muitos cliques.

4. Fotos são mais chamativas que textos, utilize isso a seu favor

Uma forma inteligente de chamar atenção do seu público alvo com imagens ao invés de muito texto.

Lembre-se, o objetivo principal das redes sociais no marketing jurídico é aumentar o acesso no seu escritório virtual. Para fazer isso é preciso que você chame a atenção das pessoas de maneira persuasiva.

E se imagens chamam mais atenção que textos, nada melhor do que apostar no Instagram.

5. Seja chamativo nas publicações

Já foi citado aqui a importância de chamar a atenção das pessoas nas suas publicações, mas fazer isso é tão importante que merece entrar na lista.

Use sempre frases persuasivas, que desperte curiosidade em quem está lendo, dessa forma seu site terá muito mais acessos.

6. Escreva de uma maneira mais simplificada

Não adianta nada criar um site de advocacia, fazer publicações para atrair o público se você utiliza uma linguagem extremamente formal e de difícil entendimento.

O objetivo é justamente simplificar a linguagem para que todas as pessoas consigam entender termos e processos complexos da advocacia.

7. Cuidado para não ferir o código de ética da OAB

É muito importante que todas as suas publicações nas redes sociais estejam de acordo com o código de ética concebido pela OAB.

É permitido sim anunciar serviços profissionais na internet, mas de maneira discreta e moderada. Não é permitido anúncios comerciais de venda direta do seu serviço, por exemplo.

Portanto tome muito cuidado e leia o código de ética da OAB antes de anunciar seus serviços, tanto nas redes sociais quanto em qualquer lugar.

Esse post foi útil para você? Comente abaixo sua opinião sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *