O que é Marketing Jurídico?

blog1-6e2eaf2d

A advocacia é uma profissão que tem o mundo girando à sua volta. São muitas dúvidas em diversas situações e hoje vamos falar de uma delas: O Marketing Jurídico.

É advogado e tem dúvidas em relação a ele?

Fique tranquilo e leia com atenção as dicas que temos para lhe dar hoje. Em resumo, se pode dizer que o Marketing Jurídico é a maneira que o advogado tem para se promover, em geral através da internet (apesar de não ser uma regra), fazendo a propaganda do seu serviço sem ferir o código de ética criado pela OAB.

Então se você é advogado e quer saber mais sobre o Marketing Jurídico e como praticar de forma legal, continue este artigo.

O que é Marketing Jurídico e porque é tão importante?

São muitos fatores que são motivos da importância do Marketing Jurídico.

Uma delas é que você como advogado que usa o Marketing Jurídico, se destaca da concorrência e agrega valor ao seu trabalho, captando confiança do cliente e se tornando uma referência na sua área.

Um advogado que não se promove acaba se torna pouco conhecido, ainda que seja um ótimo profissional.

Outra razão é a quantidade de clientes que pode conseguir em um curto período de tempo, criando uma autoridade na internet de maneira rápida e eficaz. Sem precisar de um esforço maior para se promover quando não usa o Marketing Jurídico da forma correta.

A aproximação com os clientes é outro fator na jornada do advogado, e o Marketing Jurídico gera esse resultado para o profissional, que tem seus clientes cada vez mais confiantes em seu trabalho e seguros de que podem contar com seu serviço.

5 dicas cruciais para alcançar o êxito no seu Marketing Jurídico

o que é marketing jurídico

Leia com atenção o código de ética da OAB

A maioria dos advogados têm dúvidas de como divulgar o seu trabalho de maneira legal, pois o código de ética da OAB possui algumas restrições.

Por isso é importante que você advogado leia com atenção o que se pode ou não fazer na hora de praticar o Marketing Jurídico.

Esse deve ser o primeiro passo antes de pensar no divulgação do seu serviço para que tudo ocorra bem e sem problemas judiciais.

Usufrua das mídias sociais

Aproveitar as redes sociais é uma regra de ouro em qualquer forma de marketing digital.

No Marketing Jurídico isso também se aplica.

Utilize o Facebook, Instagram, Snapchat, Whatsapp, entre outras mídias sociais que vão te ajudar muito na captação de clientes de acordo com seu público alvo.

Existem cursos específicos pagos e muito material gratuito na internet de como utilizar as redes sociais para o marketing pessoal ou profissional. Você pode procurar por eles e aprender mais.

Mantenha o seu site do escritório organizado

O impacto que o visual do seu site causa em quem acessa é muito maior do que você imagina.

Isso acontece pois sem pensar o seu público cria uma confiança logo de cara quando o seu site é organizado, bonito e direto no que promete.

Você iria confiar em um profissional tão sério e importante como o advogado quando o próprio site dele é desorganizado, confuso e pouco chamativo? Com certeza não! Então tenha capricho nessa hora!

Tenha referências que estejam fora da sua área de atuação

É sempre muito importante que se tenha referências de outros profissionais da sua área. E possuir referências fora da sua área de atuação é crucial.

Procure sempre por referências de sucesso para se espelhar na sua jornada. Essa é a hora de ser bem seletivo e ter cuidado.

Crie bons conteúdos para seu público-alvo

Busque sempre focar em criar conteúdos que sejam bons para seu público.

Dessa forma, você consegue sempre manter seus clientes próximos e a confiança deles com seu trabalho só aumenta.

Outro fator importante é não ter medo de divulgar o que você sabe. Assim, você mostra que é inteligente e capacitado na sua área, gerando de novo confiança e conquistando cada vez mais as pessoas que consomem do seu conteúdo.

Tem receio em ferir o código de ética? Saiba o que não deve ser feito de jeito nenhum no marketing jurídico!

O Marketing Jurídico parece difícil demais no começo pois as formas que os advogados podem se promover não são totalmente livres.

código de ética criado pela OAB não permite certas práticas do Marketing Jurídico, mas isso não o torna ilegal. É preciso apenas tomar cuidado e saber o que pode ser feito.

Não se pode, por exemplo, que o advogado faça publicidade em cima de algum produto de consumo, ou então que se aplique o Marketing Jurídico em rádio ou televisão.

Por outro lado o advogado pode criar websites e fazer anúncios na internet (desde que siga as regras de jornais e revistas especializadas).

Aprovou nossas ideias? Comente abaixo sua opinião sobre o Marketing Jurídico e o que achou de nossa abordagem sobre o tema.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossos especialistas estão aqui para responder suas dúvidas!
Olá! posso te ajudar a aumentar sua demanda?