Como um Site para Advogados ou Escritórios de Advocacia Contribui para o Marketing Jurídico

blog1-8d123ac1

Você sabe porque o marketing jurídico é bom para sua carreira?

O Brasil tem mais de 1 milhão de advogados ativos, conforme dados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Dentro deste universo não estão juízes, promotores, defensores públicos e outros profissionais da área. Também não estão bacharéis, estagiários entre outros. Difícil, não é!? Então, como se destacar em um mercado tão competitivo? Uma das saídas é o marketing jurídico. Além disso, criar um site para advogados ou escritórios de advocacia.

O país tem, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 208 milhões de pessoas. Uma simples regra de três afirma: São cerca de cinco advogados para cada mil brasileiros.

Dessa forma, possuir um site para advogados bem feito é uma maneira certeira e simples de mostrar seus serviços.

Além disso, outro dado: o Brasil tem mais de 116 milhões de pessoas na internet, o que é 64,7% da população.

Os dados estão na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C), divulgada pelo IBGE em fevereiro deste ano.

Procurar pessoas que entendam o universo jurídico também é crucial, pois as estratégias para esta área são bem diferentes em função das restrições éticas da OAB.

A advocacia não é uma atividade mercantil, então é preciso ter cautela na hora de lançar um site para advogados e oferecer seus serviços para clientes.

O capítulo 4º do Código de Ética e Disciplina da OAB, que trata da publicidade dos advogados e escritórios de advocacia, dita várias normas que precisam ser seguidas à risca.

Quem sabe seja este motivo de tantos evitarem ter um site, mas isso é um erro. O marketing jurídico é muito importante, pois permite que advogados e escritórios se conectem ao seu público alvo.

Sim, invista em um site para advogados ou escritórios de advocacia

Vivemos a era digital, mas com as restrições publicitárias e de propaganda impostas ao mundo do direito é comum se questionar: Investir ou não em um site para advogados?

Como já falamos, a advocacia não é uma atividade mercantil, mas não deixa de ser um negócio. Nesta linha cabe a afirmação de que em um negócio o desafio está em prospectar clientes através do marketing.

É aí que entra o marketing jurídico, que se faz a partir de uma estratégia. Uma delas é justamente um site para advogados a fim de informar ao mercado o que você faz.

Mais do que uma maneira discreta de publicidade, o site para advogados é como um canal de contato entre você – ou um escritório de advocacia – e o seu cliente.

Responda: Como seu público alvo chega a você? O mais lógico é pensar que é pela indicação de um cliente ou algum colega.

Mas com a vida cada vez mais online, a internet é o caminho natural para encontrar todo serviço, incluindo o de advocacia.

Mais do que isso: Mesmo sendo indicado por alguém, o seu cliente checa na internet para ter certeza de que você ou seu escritório são capazes de resolver aquilo que precisa.

Por isso se deve ter um site para advogados que fornecerá uma espécie de “amostra” do profissional que você é e de sua reputação, quem são os seus sócios, as áreas em que atuam e as situações que vocês são capazes de solucionar.

Estar online pode, sim, ajudar clientes na tomada de decisão. Além disso, a internet é terra sem fronteiras e você e seu escritório chegarão – ainda que no virtual – em qualquer lugar do país.

O site para advogados precisa ser, acima de tudo, informativo

site para advogados ou escritórios de advocacia

Primeira coisa para ter em mente: o site para advogados não é o seu cartão de visitas digital. É muito mais do que isso e precisa ser completo, pois é através dele que seu público alvo irá te conhecer e, principalmente, te encontrar.

Em resumo, um bom site para advogados concentra informações sobre o escritório e também sobre sua marca pessoal.

Existem diferentes modelos de sites para advogados. O tamanho dependerá daquilo que você deseja mostrar ao seu público.

O espaço pode ter as mesmas funções de um blog, onde podem ser publicados seus artigos, notícias sobre leis e à sua área de atuação, por exemplo.

Para quem gosta, também é possível ter um espaço para vídeos e outro para divulgar entrevistas que deu à veículos de imprensa.

Ter uma área restrita para clientes, com acesso à status de suas ações, é muito bom e, pois isso gera acessos e otimiza o seu ranqueamento.

E atenção: As formas de contato (endereço, telefone, email) e o seu currículo não podem estar fora do seu site. Sem isso, a chance do público abrir o espaço e fechar em seguida é imensa e isso, em marketing, é muito negativo.

Agora que já entendeu os prós, faça seu site para advogados ou escritórios de advocacia e comece a se destacar dos demais.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossos especialistas estão aqui para responder suas dúvidas!
Olá! posso te ajudar a aumentar sua demanda?