Como Captar Clientes na Advocacia (10 Dicas Infalíveis)

Aprenda como conseguir clientes com ética e profissionalismo

A profissão de advogado não está entre as mais fáceis. Além de entender da área, é preciso preocupar-se com espaço físico, buscar sempre novas formas de aperfeiçoar-se, administrar o escritório e cuidar de muitos outros aspectos.

Além de estabelecer metas e aprender a cobrar por seus serviços, os advogados também precisam conquistar clientes. O desafio está em fazer isso de maneira correta, sem ferir o Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

As normas de divulgação publicitária para advogados fazem com que muitos profissionais acreditem que não podem fazer muito além de ter uma fachada bonita. Mas não é bem assim.

O marketing jurídico tem sim estratégias de publicidade que não ferem o código de ética da OAB e auxiliam a buscar novos clientes e manter os que já possui.

Neste outro artigo demos 7 dicas de ouro para não ferir o código de ética da OAB fazendo marketing jurídico.

Para complementar estas informações, veja agora 10 estratégias para captação de clientes para escritórios de advocacia.

1. Faça um cartão de visitas

Profissionais como advogados, administradores e empresários têm um dia a dia mais concentrado dentro de escritórios.

Por isso, ter um cartão de visitas visualmente bonito e moderno faz toda a diferença para o marketing jurídico. Este tipo de estratégia, possui um baixo custo de aquisição e pode ser utilizada em diversos locais, como em eventos jurídicos, por exemplo.

Vale se atentar quanto:

  • Ao design: caso você não tenha conhecimento com ferramentas de design, procure um profissional da área para que ele crie um produto com sua identidade e que tenha uma boa saída no mercado;
  • Ao material: como o meio jurídico é seleto e requer bastante credibilidade, é valido gastar um pouco mais com um papel de qualidade, para que os possíveis clientes sintam firmeza logo ao pegar o seu cartão;
  • Às cores: além de passar mais seriedade, a OAB restringe cores extravagantes em ações de marketing jurídico, sendo assim, é bom procurar cores sóbrias e discretas.

Claro que apenas essas estratégias não são o suficiente para gerar credibilidade e passar seriedade, mas,  esse pode ser um primeiro passo de muito valor.

 

2. Tenha uma marca que gere reconhecimento imediato

É de suma importância que o seu escritório possua uma identidade visual consolidada. Caso você consiga definir uma imagem sólida e aplicá-las em todas suas estratégias de marketing, além de passar segurança para seus clientes e usuários, você ainda consegue reconhecimento.

Isso quer dizer que quando uma pessoa encontrar uma peça ou uma imagem sua na internet, ele vai reconhecer na hora, por já ter a sua identidade visual “gravada” na mente.

Assim, você pode ser o escolhido por seu cliente quando ele precisar, por ser o primeiro a vir em sua mente no momento de necessidade.

 

3. Faça networking

Uma estratégia inteligente e muito eficiente, é buscar por parceiros da área, para que possam realizar ações em conjunto. Mas você pode estar pensando, “para que eu iria ajudar um concorrente a crescer?” . Mas, não é bem assim que funciona,

Trabalhar com parceiros, no caso da advocacia, é fundamental. Parceiros não só captam clientes uns para os outros, como dão suporte jurídico nas práticas recorrentes da profissão.

Ou seja, vocês geram mais valor e credibilidade um para o outro e ainda crescem juntos no mercado.

 

4. Tenha um site e um blog

Estar na internet é tão importante quanto ter um cartão de visitas e uma identidade visual e por isso, podemos dizer que ter um site é fundamental.

Mas não basta criar um site e não nutri-lo com qualidade. Ele precisa ser:

  • Funcional;
  • Objetivo;
  • E responsivo,

Dessa maneira, os clientes sempre vão ter boas experiências ao acessá-lo.

Junto ao site, é interessante que exista um blog. O blog é o caminho mais próximo de estar presente e oferecer conteúdos relevantes ao seu público.

Caso você consiga manter uma boa produção de conteúdo, além de aumentar a credibilidade e engajamento com potenciais clientes, você ai consegue se ranquear bem nos mecanismos de busca, como o Google, por exemplo.

 

5. Esteja nas redes sociais

Utilize as redes sociais para traçar excelentes estratégias de marketing jurídico. Apesar de não parecer, as redes sociais são super indicadas para o marketing jurídico. Para advogados, as plataformas mais indicadas são o Facebook e o Instagram, além do LinkedIn.

No caso do Facebook e do Instagram, o ideal é que seja utilizado o mesmo sistema do site e do blog. Utilize a mídia social para promover conteúdo de qualidade e também para destacar a sua participação e do seu escritório em palestra, seminários e outros eventos jurídicos.

Já o LinkedIn, ao contrário do que se imagina, pode ser um território muito mais fértil para a captação de clientes. Isto porque esta mídia social é totalmente focada no público corporativo. Sendo assim, um excelente canal para divulgar artigos e conteúdo mais específicos.

 

6. Defina sua fatia do mercado

Adquirir know-how (conhecimentos práticos) não é atirar para todos os lados, muito pelo contrário. É necessário realizar uma pesquisa de mercado, para que assim, você possa determinar a sua área de atuação e voltar todas as suas estratégias para ela.

Essa delimitação da área de atuação é fundamental pois, desse modo, é possível direcionar os serviços e gastos, impedindo que perca um tempo precioso em ações que geram insatisfação e não trazem os clientes que você realmente quer.

 

7. Torne-se uma referência na sua área

Ser referência na sua área de atuação pode ser algo muito difícil de alcançar, mas, se você trabalhar corretamente as estratégias que já citamos, se emprenhar  e sempre agir da forma correta, isso pode se tornar um futuro possível.

Não tente abraçar o mundo, principalmente quando se trata do mundo do direito. Seja um especialista, uma referência na área que você escolheu.

Além das estratégias de marketing jurídico, buscar novas especializações, em especial que complementam a sua atual área de atuação pode ser um ótimo caminha a se seguir.

 

8. Seja visto

Como a concorrência é vasta, ser visto e lembrado é fundamental para se manter em um mercado tão competitivo.

Sempre que for possível:

  • Participe de congressos;
  • Seminários;
  • Simpósios
  • Reuniões;
  • E outros eventos especializados.

Essa presença, além de servir para ganhar mais visibilidade, também pode ser muito importante para criar e reafirmar relacionamentos, seja com clientes ou parceiros.

Ou seja, eventos com atividade advocatícia são ótimos espaços para fazer networking e divulgar seus serviços.

 

9. Tenha uma equipe especializada

Captar clientes vai muito além de atender o telefone. Caso você não tenha habilidades, ou não tenha em seu escritório mão de obra com experiência na área, é válido concentrar investimentos para contratar uma equipe especializada e eficiente.

Assim como seus sócios precisam agregar através de conhecimento e know-how, o restante da equipe deve estar alinhada com a missão do escritório e ideologia do escritório.

Dessa maneira, fica mais fácil traçar estratégias ou produzir conteúdos, já que todos possuem o “espírito de equipe“.

 

10. Cumpra as regras da OAB à risca

Diferente de todas as outras áreas de atuação, o mundo jurídico possui regras claras que têm o intuito de preservar o advogado e a instituição que ele representa.

O Código de ética da OAB deve ser sempre consultado antes de investir em uma nova estratégia de marketing jurídico para captar clientes na advocacia.

Nada do que for feito pode, sob nenhuma circunstância, induzir seu público à compra. Todo o marketing jurídico deve ser assentado exclusivamente sobre a informação.

Caso você ainda não tenha conhecimento e queira ver mais afundo, não deixe de conferir este outro artigo sobre como fazer marketing jurídico sem ferir as regras da OAB.

 

Conclusão

Agora que você viu 10 estratégias de suma importância para que você consiga captar clientes na advocacia, sem gastar muito por isso, você já está preparado para entrar no mercado digital!

Caso você queira saber um pouco mais sobre outras estratégias de marketing jurídico digital, vá até o nosso blog. Lá, você encontrará diversos conteúdos para que você cresça cada vez mais no mercado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *